Capacidade das usinas da CMAA avança para 8,3 milhões de toneladas de cana

A capacidade de moagem das usinas da Companhia Mineira de Açúcar e Álcool (CMAA) avança para 8,3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

A informação é da Indofood Agri, companhia da Indonesia sócia da brasileira JF Citrus na CMAA, que acaba de divulgar o balanço do segundo quadrimestre de 2018.

Conforme a companhia, a capacidade de 8,3 milhões de toneladas será alcançada em 2020 quando a CMAA deverá iniciar as operações da Usina Canápolis, no município de Canápolis, em Minas Gerais.

A unidade, antiga Usina Triálcool, foi adquirida no fim de 2017 da massa falida Laginha, da família do ex-deputado João Lyra.

Segundo a Indofood Agri, em fevereiro último a CMAA investiu no plantio de cana-de-açúcar em 6,048 mil hectares. Com isso, a Usina Canápolis deverá iniciar a moagem em 2020 com capacidade de moagem de 1,8 milhão de toneladas de cana.

As três unidades controladas pela CMAA ficam em Minas Gerais. A Usina Vale do Tijuco, em Uberaba, tem capacidade de moagem de 4 milhões de toneladas, enquanto a Usina Vale do Pontal, em Limeira do Oeste, possui 2,5 milhões de toneladas de capacidade de processamento.

Fonte: JornalCana – 27/07/2018

 

 

Relacionadas