Cerradão certifica alunos do Programa Jovem Aprendiz

(Foto: Divulgação/Usina Cerradão)

 

A Usina Cerradão entregou na quarta-feira (14) os certificados para 37 alunos formados no Programa Jovem Aprendiz realizado em parceria com o SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural).

Os pais foram convidados para a cerimônia para prestigiar os alunos, além de amigos e outros familiares e vários representantes das instituições envolvidas.

O Programa Jovem Aprendiz permitiu aos alunos adquirir conhecimento técnico e vivenciar a rotina dentro do ambiente de trabalho, tudo de acordo com a Lei de Aprendizagem. O curso teve início em outubro de 2015 e na primeira fase as aulas teóricas foram ministradas pelo SENAR no auditório do Sindicato Rural. A segunda fase foi mais voltada para a prática, quando os alunos foram até a usina e tiveram as atividades supervisionadas pelos coordenadores de cada setor da empresa.

“Este foi um projeto bem audacioso, pois se tratava de uma turma numerosa e a segurança nas dependências da usina é fator fundamental, por isso, os jovens passaram por treinamentos conforme preconiza a legislação e normas internas da empresa”, afirma Adenise Silveira, coordenadora de Recursos Humanos da Usina Cerradão.

Os alunos passaram por diversos setores da empresa, desde o plantio, preparação, tratos culturais, colheita, operação de máquinas, manutenção e oficina. Assim, eles tiveram uma visão completa do setor agrícola aliada às aulas da área industrial, para que pudessem entender a importância de todo o processo de transformação da matéria-prima até os produtos finais, que são o álcool (etanol), o açúcar e a geração de energia.

A intenção da usina é continuar com o programa em 2017, acompanhando o calendário escolar após a formação de novas turmas.“Nós temos orgulho em participar do programa. Ele só respalda a nossa responsabilidade enquanto empresa cidadã, por contribuir de forma direta para o desenvolvimento desses jovens”, diz Adenise.

Para Flávio Silveira, gerente regional do SENAR, todo mundo ganha com o programa. “Os jovens adquirem conhecimento e novas possibilidades, o mercado de trabalho ganha profissionais capacitados e assim ganha também a sociedade, cada vez mais desenvolvida”, destaca. 

(Fonte: Assessoria de Comunicação Usina Cerradão - 16/12)

 

Relacionadas