Plantio mecanizado da Usina Cerradão tem média de 12,8 ton de mudas/hectare

Buscar a excelência no cultivo da cana-de-açúcar é um dos principais focos de Michel Fernandes, gerente de produção agrícola da Usina Cerradão, localizada no município mineiro de Frutal. Por isso, Michel é aberto não só a testar como aprimorar inovações, com a finalidade de produzir mais, melhor e com menor custo.

Se há uma coisa que Michel não faz é brigar com a tecnologia, seu interesse é tê-la como aliada, como parceira para incrementar o processo. Conhecendo suas características, necessidades, e o que é preciso para que apresente melhor desempenho.

E foi seguindo essa filosofia, que no plantio mecanizado de cana, a Cerradão conseguiu chegar a média de 12,8 toneladas de mudas por hectare, bem diferente da média do setor que é de quase 20 toneladas por hectare. Defensor do plantio mecanizado, Michel conta que cerca de 70% do plantio da Cerradão já é realizado com o auxílio de máquinas.

Embora a média de mudas utilizadas no plantio da usina seja excelente quando comparada as demais, a unidade continua investindo em novas tecnologias para abaixar, ainda mais, esse número. “Recentemente, instalamos um sistema que controla o fluxo de toletes, fertilizantes e defensivos visando economia destes insumos com melhor distribuição e rendimento no plantio.”

Mas, o grande segredo da Usina Cerradão para a obtenção de médias tão boas no plantio é o uso de plantadoras automatizadas. “A maior vantagem dessa máquina é uma distribuição muito mais uniforme das mudas, o que proporciona um plantio melhor e sem falhas”, diz Michel.

(Fonte: CanaOnline – 29/08/17)

 

Relacionadas