Usina Santo Ângelo é a grande campeã de produtividade agrícola da safra 2017/2018

A Usina Santo Ângelo, localizada em Pirajuba no Triângulo Mineiro, ganhou o título de grande campeã nacional de produtividade na safra 2017/18, com média de 97,2 t/ha de TCH, 138,9 kg/t de ATR, 13,5 t/ha de TAH, em uma lavoura com média de 4,4 cortes. Com esses números, a Usina atingiu o Índice IDEA de 234 pontos.

A premiação ocorreu durante o 20º Seminário de Mecanização e Produção de Cana-de-açúcar, realizado nos dias 21 e 22 de março, em Ribeirão Preto, por ocasião da entrega do Prêmio Usinas Campeãs de Produtividade no Centro-Sul - Safra 2017/2018, promovido pelo Grupo IDEA em parceria com o CTC (Centro de Tecnologia Canavieira).

Cerca de 200 unidades produtoras participaram do levantamento que respaldou a premiação. Segundo o engenheiro Luiz Antonio Dias Paes, do CTC, a participação das usinas no Prêmio tem representatividade muito alta.

“As usinas que participaram do levantamento correspondem a um banco de dados consistente, pois equivalem a 70% da cana do Centro-Sul. Dados que têm utilidade muito grande, pois servem de benchmarking para as usinas e é ferramenta importante também para as áreas comerciais que ajudam nas projeções de safra”, diz Paes.

O segredo da Usina Santo Ângelo, para ter sido a Campeã de Produtividade do Centro-Sul na safra 2014/15, está relacionado a um conjunto de ingredientes, como a adoção de projetos inovadores que olham a cana de maneira diferente, desde a raiz, até as folhas, além do planejamento, equipe dedicada e muito trabalho.

“O segredo para ser viável hoje é ter produtividade, diz Dib Nunes, diretor do Grupo IDEA. “Quem tem produtividade agrícola, tem um custo mais baixo e sobrevive as crises e intempéries”, completa.

Já as unidades do Centro-Sul que receberam o prêmio de campeãs de produtividade em suas respectivas regiões foram as seguintes:

ESTADO DE MINAS GERAIS E CAMPEÃ NACIONAL: Usina Santo Ângelo

REGIÃO DE JAÚ: Usina São Manoel

REGIÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO: Usina Itajobi

REGIÃO DE PIRACICABA: Usina Santa Maria

REGIÃO DE ASSIS: Nova América Agrícola

REGIÃO DE RIBEIRÃO PRETO: Usina Guaíra

REGIÃO DE ARAÇATUBA: Usina Vale do Paraná

ESTADO DO PARANÁ: Usina Dacalda

ESTADO DE GOIÁS: Usina Cerradinho Bioenergia

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL: Usina Angélica

Veja a cobertura do Prêmio Campeãs de Produtividade Agrícola feita pela equipe do programa Revista do Campo da RIT TV, clicando AQUI.

Fonte: Grupo Idea – 26/04/2018

 

Relacionadas