Matérias

Cauteloso com nova onda de frio, mercado futuro do açúcar fecha valorizado

29 de Julho de 2021

Notícias

O mercado futuro do açúcar fechou a quarta-feira (28) em alta nas bolsas internacionais, com os traders ainda receosos com a nova onda de frio que atinge todo o Brasil e pode provocar novas geadas em algumas regiões produtoras de cana-de-açúcar.

Na ICE, de Nova York, a quarta-feira foi de valorização em todos os lotes do açúcar bruto. O vencimento outubro/21 foi contratado a 18,61 centavos de dólar por libra-peso, valorização de 26 pontos no comparativo com a véspera. Já a tela março/22 fechou cotada a 19,02 cts/lb, 25 pontos a mais do que os preços do dia anterior. As demais telas subiram entre 7 e 17 pontos.

Segundo a Reuters, os operadores continuam monitorando a previsão do clima no Brasil, com a frente fria no fim desta semana que provavelmente irá atingir as áreas de produção de cana-de-açúcar.

"O mercado continua focado no frio e nas geadas no final desta semana no Brasil", disse o analista Tobin Gorey, do Commonwealth Bank of Australia, em nota, acrescentando que produtores e traders têm bons motivos para ter cautela em relação à venda, destacou a Agência de Notícias.

Ontem, em comunicado, a Conab - Companhia Nacional de Abastecimento disse que a geada recente matou canaviais em partes da região Centro-Sul, exacerbando as perdas já causadas pelo estresse hídrico.

Açúcar branco

Em Londres a quarta-feira também foi de alta em todos os lotes do açúcar branco. No vencimento outubro/21 a commodity foi negociada a US$ 458,50 a tonelada, alta de 3,80 dólares, ou 0,8%, no comparativo com a véspera. Já a tela dezembro/21 subiu 3,40 dólares, negociada em US$ 473,80 a tonelada. Os demais lotes subiram entre 3,40 e 4,20 dólares.

Açúcar cristal

No mercado doméstico o açúcar cristal também fechou ontem em alta pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada nesta quarta a R$ 117,58, valorização de 0,41% no comparativo com os preços praticados no dia anterior.

Etanol hidratado

Pelo Indicador Diário Paulínia a quarta-feira também foi de alta nas cotações do etanol hidratado. Ontem, o biocombustível foi negociado pelas usinas em R$ 3.024,00 o m³, alta de 0,23% no comparativo com os preços praticados no dia anterior. No mês o indicador já acumula alta de 5,16%.

 

Fonte: Agência Udop de Notícias – 29/07

Veja também

Assine nossa newsletter