Matérias

Cenário de alta para o hidratado nas usinas, com distribuidoras repondo estoques em meio à produção menor

28 de Julho de 2021

Notícias

Os recuos diários do etanol hidratado nas bases distribuidoras de Paulínia (SP) na semana anterior mostraram que houve uma desova dos estoques, mesmo com a demanda acomodada. O cenário por isso está mudando nestes dois primeiros dias desta semana.

Além de aproveitarem que nas usinas o biocombustível para a frota de veículos leves também caiu, contando igualmente com os dados do Cepea (menos 1,69%, a R$ 2,9116), as distribuidoras de combustíveis “estão repondo os estoques”.

Isso mostra, para Paulo Strini, trade do Grupo Triex, que claramente há um sinal de alta na origem.

Na segunda, o hidratado saiu de alta, em 0,73%, nas vendas para os postos de serviços.

Também em favor corre a menor produção de hidratado na primeira quinzena de julho, que, segundo relatório da Unica, foi 13% menor que no ano anterior, se constituindo numa produção de 1,27 bilhão de litros, em meio à retração na moagem 2,37%.

O anidro, por sua vez, segue com expansão mais elevada no mix do álcool, com mais 32%, para 889 milhões de litros. Da soma dos dois, se extrai 129,9 milhões de etanol de milho.

A expectativa de geadas colabora ainda para o ganho previsto por Strini.

 

Fonte: Money Times – 27/07

Veja também

Assine nossa newsletter