Pulso de mercado: açúcar/NY sobe 1,43%; março/18 se firma após dados no Brasil

Os futuros de açúcar demerara operam em alta nesta terça-feira na Bolsa de Nova York (ICE Futures US).

O mercado se firmou no campo positivo após informações sobre queda na moagem de cana no Centro-Sul, divulgadas há pouco pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). Às 10h47, o vencimento março de 2018, mais líquido, avançava 20 pontos (1,43%), a 14,20 centavos por libra-peso.

De acordo com a entidade, o volume processado nos últimos quinze dias de setembro da safra 2017/18 ficou em 40,309 milhões de toneladas, 5,22% abaixo do total de 42,527 milhões de toneladas moído em igual período da temporada passada.

No acumulado da safra, até 1º de outubro, o processamento foi de 467,171 milhões de toneladas, recuo de 1,91% sobre igual período da safra 2016/17, quando foram processadas 476,244 milhões de toneladas de cana.

Com 46,54% da oferta total da matéria-prima destinada ao açúcar e 53,46% ao etanol, a produção do adoçante atingiu 2,848 milhões de toneladas na quinzena final de setembro, redução de 3,85% sobre igual período de 2016, mas acumula 29,235 milhões de tonelada na temporada, aumento de 4,85% ante 2016/17.

O monitoramento da oferta da commodity tem sido o principal motor das cotações na ICE.

(Fonte: O Estado de S. Paulo -10/10/17)

 

Relacionadas