Notícias

Açúcar bruto se recupera e fecha em alta na ICE após mínima de quase um mês

28 de Novembro de 2023

Notícias

Os contratos futuros do açúcar bruto na bolsa ICE se recuperaram após atingirem o menor valor em quase um mês nesta segunda-feira, 27. O movimento se deu especialmente com o aumento da produção do Brasil, atenuando algumas preocupações com a oferta.

O açúcar bruto março fechou em alta de 0,22 centavos de dólar, ou 0,8%, a 27,20 centavos de dólar por libra-peso, após ter atingido o maior valor em 12 anos no início do mês.

Os comerciantes disseram que a produção recorde esperada do Brasil, o maior produtor, continua a pressionar o açúcar, embora as restrições logísticas estejam colocando um piso nos preços, já que esse adoçante não consegue sair do país nos volumes necessários. Eles disseram que se espera que cerca de 5 milhões de toneladas sejam carregadas no Brasil.

Eles também observaram que o excesso de chuvas na União Europeia pode atrasar o início da safra e, assim, prejudicar a produção total da temporada, enquanto as importações do adoçante do principal consumidor, a China, estão ganhando ritmo.

A produção de açúcar no Centro-Sul do Brasil foi de 2,19 milhões de toneladas na primeira quinzena de novembro, um aumento de 30% em relação ao ano anterior, conforme a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). O número ficou ligeiramente acima das expectativas do mercado.

Acredita-se que o preço mais baixo oferecido em uma licitação internacional da GASC do Egito para cerca de 50 mil toneladas de açúcar bruto foi de 690 dólares por tonelada (CIF free out), disseram traders, mas observaram que a meta da Gasc para o açúcar bruto é de 655 dólares por tonelada.

O açúcar branco de março, por sua vez, subiu 7,60 dólares, ou 1%, a 745,60 dólares por tonelada.

Fonte: Reuters – 28/11/2023

Veja também